Sintra Portugal

Byserenpid

Sintra Portugal

Sintra, apos ter passado por várias grafias em latim e em português, recebeu em finais do século XVI / inícios do século XVII, nomenclatura escrita com ‘C’: Cintra.

 



A modificação deveu-se ao período em que eram fomentados os templos de Sintra ao Sol e à Lua, sob forte influência da poesia da época relacionada à deusa Cynthia – Artemisa (Grécia); Diana (Império Romano); Cynthia por (segundo a mitologia) ter nascido no Monte Kynthos, na Grécia -, aliando-a à Serra.

Assim, ao longo – principalmente – dos séculos XVII, XVIII, e XIX, os historiadores – ou autores ligados aos factos históricos – diziam que Cintra era a corrupção do nome Cynthia – que supunham ter sido atribuído à Serra de Sintra.

Com o aprimorar dos estudos históricos – principalmente – no século XIX, os mesmos historiadores foram deparando cada vez mais com referências arcaicas do Reino de Portugal, em que em português e latim os termos utilizados para o termo que nomeia a Serra.

Por um lado, num exuberante patrimônio natural, sobretudo orográfico – que faz de Sintra um local com características de “micro-clima” – e, por outro, numa intensa, precoce e contínua ocupação humana deste território que teve o seu início há vários milênios. Esta ocupação linear no tempo histórico concretizou-se com a particularidade adveniente de se ter realizado numa paisagem geográfica, climática, botânica e zoológica única como a de Sintra que, ao longo dos séculos, sempre foi encontrando eco nas diversas conjunturas diacrônicas que a história das mentalidades e das sensibilidades tem fixado.

E assim que, hoje, podemos achar em Sintra e no seu significado envolvente uma vila cultural em que de quase todas as eras da história portuguesa é possível encontrar testemunhos e, não obstante, com tamanho e efeito que chegou a ultrapassar, pela sua relevância, as fronteiras deste território.

Eis, pois, Sintra, cuja  sua mais antiga forma medieval, a saber, Suntria, apontará para o radical Indo-Europeu “astro luminoso”, “Sol”.Tal qual é seu brilho dentre as cidades de Portugal.

About the author

serenpid administrator

Leave a Reply

en_GBEnglish (UK)
pt_PTPortuguese (Portugal) en_GBEnglish (UK)